PMFS RUA VIVA

‘Malignaggi veio, deu seu melhor, mas eu acabei com ele’

Irlandês comentou polêmica saída de ex-campeão de boxe de seu camp: “Ele teve seu orgulho ferido e não queria mais voltar. Sofreu muitos traumas na cabeça”
2017-08-12 13:51:02
Combate
Conor McGregor: “Malignaggi sofreu muitos traumas a cabeça durante sessão de sparring de 12 rounds” (Foto: Evelyn Rodrigues)

Depois de muita polêmica em torno da saída do ex-campeão mundial de boxe, Paulie Malignaggi, do camp de treinamento de Conor McGregor, o presidente do UFC, Dana White, divulgou na madrugada deste sábado um vídeo de poucos segundos mostrando que o irlandês realmente derrubou o pugilista em knockdown durante uma sessão de sparring.

 

Antes da divulgação do vídeo, McGregor conversou com a imprensa durante uma sessão de treino aberto realizada na sede do UFC, em Las Vegas. Na ocasião, ele comentou as declarações de Malignaggi, que havia negado ter sofrido um knockdown durante o treinamento e chegou a dizer que o irlandês não gosta de ser acertado e "grita como uma menina".

 

-Ele foi derrubado, estava se segurando nas cordas por diversas vezes. Várias vezes as cordas o mantiveram de pé. Nós estávamos preocupados com ele. Achávamos que o pior ia acontecer. Ele certamente sofreu uma concussão e saiu daqui correndo. Eu não ligo para o Paulie. Ele veio aqui, tinha falado um monte antes, mas não importa o que um homem diz, ele veio aqui e tentou responder às suas perguntas da melhor forma possível. Você tem que respeitar isso. Mas ele veio aqui, deu o seu melhor e eu acabei com ele. Ele teve o seu orgulho ferido e queria arrumar um jeito de sair daqui. Qual a melhor forma pra ele sair do que essa (deixando várias dúvidas no ar)? - questionou Conor.

 

Desde que saiu do time, Malignaggi concedeu várias entrevistas discutindo as habilidades de McGregor no boxe. O campeão peso-leve do UFC, no entanto, disse não ter ligado muito para a atitude do ex-parceiro de treino:

 

- Isso só mostra o caráter dele. Paulie estava procurando por uma saída, tinha que dar um jeito de sair. O sparring não estava sendo bom para ele, ele sofreu muito trauma na cabeça. Logo depois (da sessão de sparring) nós estávamos preocupados. Os meus parceiros de sparring disseram que quando o deixaram em casa ele estava tropeçando para sair do carro depois dos 12 rounds de treino - cutucou.

 

Campeão peso-leve do UFC, Conor fará a sua estreia no boxe no próximo dia 26 de agosto, quando enfrentará o multicampeão de boxe Floyd Mayweather na T-Mobile Arena, em Las Vegas, EUA.

Comentários

Tacitus Tecnologia