Reforma só será votada após 2ª denúncia contra Temer

Presidente da Câmara dos Deputados avalia que não será fácil aprovar a proposta, já que os parlamentares estariam com certa raiva do assunto
2017-09-13 13:29:05
Bahia.Ba
 Antonio Augusto / Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), disse que a reforma da Previdência só será votada após a apreciação da eventual segunda denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer (PMDB).

 

Segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o democrata avalia que não será fácil aprovar o texto, já que os parlamentares estariam com certa raiva do assunto.

 

Nesta segunda-feira (11), o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, previu cenário mais otimista. Segundo ele, a matéria será votada em outubro.

Comentários

Tacitus Tecnologia
PMFS Outubro Rosa