Período curto de trabalho é o principal desafio de Carpegiani

Contratado até o final da temporada, treinador terá 12 jogos e menos de dois meses de trabalho para fazer time voltar a jogar bem e se livrar de vez do risco de rebaixamento no Brasileirão
2017-10-10 10:04:21
globoesporte.com
Crédito: Reprodução

Doze jogos e menos de dois meses de trabalho. Mesmo com esse curto desafio, o técnico Paulo Cézar Carpegiani não teve dúvidas ou, como ele mesmo diz, receio algum em assumir o comando do Bahia. Confiante no grupo à disposição, ele é o quarto treinador do clube em 2017. Ele é a nova aposta da diretoria para fazer o time encerrar a fase de instabilidade apontada pelo presidente Marcelo Sant'Ana e se livrar de vez do risco de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

 

Com período curto de trabalho pela frente, Carpegiani não tem perdido tempo. Logo que desembarcou em Salvador, a sete dias do seu primeiro jogo à frente do Tricolor, o treinador começou a fazer algo apontado por ele como fundamental para qualquer equipe: exercitar. Em todos os treinos realizados até aqui, Carpê promoveu trabalhos táticos, sempre com a equipe considerada titular montada e repetindo fundamentos considerados importantes. A ideia é ter logo em mente um time ideal e fazer com que os jogadores assimilem bem os seus conceitos.

 

A estreia de Carpegiani vai ser na próxima quinta-feira, diante do Palmeiras, no Pacaembu. A três dias desta partida, o GloboEsporte.com elencou os principais desafios que o novo treinador do Bahia terá nessa passagem.

Comentários

Tacitus Tecnologia
PMFS