PMFS Fala Feira 156

Os tesouros escondidos em Cabuçu, a praia do coração dos feirenses

Quem vai para Cabuçu pensa mesmo é em se divertir. Além do mar, do passeio de moto aquática ou lancha e do bate-papo nas barracas, a praia oferece outras opções de lazer
2018-01-07 10:24:45
Da Redação
Crédito: Gleidson Santos/FE

Quando se fala em praia na Bahia, dificilmente Cabuçu é esquecida. Distante cerca de 85 km de Feira Santana, o local é o destino preferido de muitos moradores da cidade e região, quando a estão mais quente do ano se apresenta para nós.


Quem vai para Cabuçu pensa mesmo é em se divertir. Além do mar, do passeio de moto aquática ou lancha e do bate-papo nas barracas, a praia oferece outras opções de lazer como andar de quadriculo e tomar aquela cervejinha com os amigos.


A veranista Jucy Alves da Silva, de Feira de Santana, disse que há mais de 10 anos, frequenta Cabuçu. “Venho nessa praia curtir um pouco o verão, há muito tempo, desde quando era criança. O que essa praia tem e que as outras não têm, em primeiro lugar, a alegria contagiante, você roda essa praia toda e ver alegria no rosto das pessoas, outra coisa valores da estadia, como alimentação, bebidas, é mais em conta do que outras praias, o transporte também, qualquer hora que quisermos retornar pra Feira, tem, ou quando estamos em Feira, também não falta transporte pra cá”, contou a vendedora Jucy.


Assim como Jucy, Nana Silva contou que adora Cabuçu e sempre faz questão de vir curtir o verão nessa praia. “O que nos chama pra vim pra essa bela praia é a comodidade, nossos filhos, nossas crianças ficam a vontade, brincam e não há perigo de afogamento, o que acontece, mas sempre nos finais de semana, é criança se perderem.

 

Outra coisa também são os preços, praticamente é a mesma estadia do dia a dia de Feira de Santana, então, o que vamos fazer em outras praias, só o gosto de gastar mais, não ver as crianças se divertirem, gosto mesmo daqui, ficou aqui na Praia do Sol”, indagou a balconista Nana.


Já Marcos Santos, outro veranista ouvido por nossa reportagem, retornou a Cabuçú, depois de quatro anos. “Apesar desse tempo que passei sem vir aqui eu e minha família adoramos este lugar, uma praia onde só se ver alegria, reencontramos amigos, fazemos novos amigos, uma praia que nos contagem, essa praia é diferente das outras, por isso que é assim lotada. O ano que vem vou estar aqui também, se Deus permitir e se ele quiser estarei aqui”, frisou o comerciante Marcos.


Nem tudo são flores Como nem tudo é festa, Cabuçú passa por problemas relacionados à falta de água e quedas de energia constante, como afirma o comerciante Antonio Carlos, da Barraca Carlos do Espetinho, “agora, temos reclamações a fazer, que não pode mais acontecer aqui, a grande falta de água, a Embasa está deixando a desejar, também tivemos queda de energia, por pouco não tomamos um prejuízo maior”, frisou Carlos.


Outro alvo de muitas reclamações é a estrada que liga Saubara à praia de Cabuçu, esburacada e sem manutenção a pista têm causado transtornos para os motoristas. Recentemente, o Governo Estadual realizou uma ação emergencial de tapa buracos.


Atendendo a reivindicações, o governo vai realizar a recuperação total da rodovia e assim, quando os turistas voltarem a Cabuçu no próximo verão trafegarão por uma pista nova. Segundo o deputado Zé Neto, líder do governo na Assembleia Legislativa, a previsão é de que a licitação para o recapeamento total seja divulgada ainda este mês.


Atuação da polícia garante verão da paz em Cabuçu


O período de final de ano e férias de verão continua sendo o mais rentável para proprietários de imóveis que alugam sua propriedade para turistas. Mas atualmente além do conforto e localização do imóvel, a segurança de Cabuçu também se tornou um diferencial de escolha, valorizando o imóvel, obtendo destaque frente à concorrência.


A segurança esse ano nas Praias de Cabuçu e Bom Jesus foi muito elogiada por veranistas, turistas, banhistas e nativos. Na temporada do verão 2018 ainda não houve registros de homicídios, nem de tentativa, agressões físicas e assaltos. A reportagem do Jornal Folha do Estado conversou com veranistas, turistas, banhistas e nativos que só elogiaram e não apresentaram nenhuma queixa negativa em relação à segurança pública.

 


O advogado Brendo Ferreira, afirmou que sempre veraneia em Cabuçu e já estava desfazendo de sua casa, devido à violência que estava aumentando cada ano que passava. “Se não me engano teve três homicídios aqui só no período da virada, fora as tentativas, mas nesse ano, o policiamento foi estratégico e acompanhamos ações dos policiais, boas ações, que continue até o final da temporada”, contou o advogado.


A empresária Cristina Albuquerque elogiou também a segurança durante a virada de ano. “As ações das policias foram eficaz e quando trabalham com estratégia o resultado sempre é positivo, quero parabenizar o responsável, que não conheço, mas fez um belo trabalho aqui na segurança e pedimos que continue sempre assim. Porque é muito chato você está em um ambiente curtindo férias, verão e ver mortes, ver tiros, facadas, não podemos ver isso, que podemos ver aqui e em todos os lugares é a paz”, finalizou a empresaria.


O major Mello Neto, comandante da 20ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), disse que a operação Réveillon contou apoio do Comando de Policiamento Regional Leste (CPRL), através da Rondesp - Leste e Companhias Independentes de Feira, bem como com o reforço da Companhia de Policiamento Especializado (CPE) através da CIPE - Litoral Norte, Esquadrão Asa Branca e Esquadrão de Polícia Montada, realizou um trabalho preventivo intenso durante a Operação Réveillon, com abordagens a transeuntes, motociclistas, veículos e estabelecimentos.


Além disso, realizou um trabalho intenso visando reduzir a prática de poluição. “O resultado foi uma maior sensação de segurança para os moradores e veranistas da Praia do Sol, Cabuçu e Bom Jesus dos Pobres, não sendo registrado nenhum CVLI na região. 23 motocicletas e 4 quadriciclos apreendidos por infrações de trânsito. 2 pessoas presas em flagrante, sendo uma por roubo e outra por furto qualificado. Foram empregados durante os três dias da operação aproximadamente 190 policiais”, finalizou o major.

 

Comerciantes comemoram bons resultados do réveillon em Cabuçu


O último final de semana foi bastante movimentado na praia de Cabuçú, destino favorito de muitos, inclusive de feirenses, para passar as festas de final de ano, aproveitando o final de semana.


Nessa época o movimento no comércio de toda praia aumenta em mais de 100%, em comparação aos outros meses do ano. O comerciante Antonio Carlos, da Barraca Carlos do Espetinho disse que o movimento no período do réveillon foi excelente. “Na verdade, esse movimento nos surpreendeu, já que achávamos que seria menor, devido à crise”, comemorou.

 


O vendedor Evan Pereira, da Barraca do Evan, explicou que esse ano o movimento foi inigualável, muito melhor do que o ano passado. “Esse movimento nos surpreendeu, já conversei com colegas aqui barraqueiros e todos falaram isso, dessa surpresa, que bom que foi uma surpresa positiva. Inclusive muitos de nós não tínhamos deixado estoque, corremos e conseguimos repor cerveja e comida, antes que acabasse. Ainda não parei para ver direito o quanto esse movimento, mas o número de pessoas aqui na Praia de Cabuçu este ano foi três vezes maior, afirmo sem medo de errar”.


O comerciante Nelson Cedraz, da Barraca Mô e Lú, contou que o movimento foi melhor, “mais o que queremos que melhore é a estrutura da praia, a prefeitura está deixando a desejar, praticamente nos abandonaram. Mas, vamos conversar com os responsáveis e com certeza teremos melhoras”, frisou Nelson.


A Baiana de Acarajé, Silvana Nascimento, disse que adorou e está adorando o movimento desse ano. “Com certeza foi bem melhor do que do ano passado. Trabalho aqui em Cabuçu há 28 anos, o movimento está bem melhor mesmo, mantivemos o preço, a bandejinha de acarajé pequeno custa 10 reais, mesmo valor dos anos de 2016 e 15. Então, estou gostando, creio que até o final dessa temporada teremos a praia, todos os dias cheios. Hoje mesmo é quarta-feira, olha ai, está parecendo domingo”, finalizou Silvana.

Comentários

Tacitus Tecnologia