PMFS São João

Delegação da Adufs presente do Fórum Social Mundial

O ANDES-SN lançará a Frente Nacional em Defesa das Instituições de Ensino Superior Públicas
2018-03-13 15:17:34
Crédito: Reprodução

A Associação dos Docentes da Universidade Estadual de Feira de Santana (Adufs), seção sindical do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN), estará presente no Fórum Social Mundial (FSM), a ser realizado desta terça-feira (13) até o próximo sábado (17), em Salvador.

 

Durante o FSM, o ANDES-SN lançará a Frente Nacional em Defesa das Instituições de Ensino Superior Públicas. A mobilização ocorrerá na próxima sexta-feira (16), às 16h30, no estacionamento da portaria 1, campus Ondina da Universidade Federal da Bahia (UFBA). A atividade está sendo organizada em conjunto com as seções sindicais baianas, que além da Adufs inclui as associações dos docentes das universidades estaduais de Santa Cruz (Adusc), do Sudoeste da Bahia (Adusb) e do Estado da Bahia (Aduneb).

 

Também na próxima sexta-feira (16), antes do lançamento da Frente, o ANDES-SN promoverá uma mesa sobre o tema "Educação, Ciência e Tecnologia: Por uma alternativa anticapitalista". O debate está marcado para ocorrer às 14h, também no estacionamento da portaria 1, campus Ondina da UFBA.


A participação das seções sindicais do ANDES-SN no evento é uma deliberação do 37º Congresso do Sindicato Nacional, ocorrido entre 22 e 27 de janeiro deste ano, na Universidade Estadual da Bahia (Uneb), em Salvador.


Tenda da Unidade


O ANDES-SN, em conjunto com diversas seções sindicais, entre elas a Adufs, disponibilizará no Fórum Social Mundial a Tenda da Unidade. O espaço funcionará no estacionamento da portaria 1, no campus Ondina, para a realização de debates, exibição de vídeos e distribuição de materiais.


Também colaboraram com a construção da Tenda, a Auditoria Cidadã da Dívida, a Central Sindical e Popular (CSP-CONLUTAS), o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe), o Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal na Bahia (Sindjufe-BA), o Sindicato Nacional dos Trabalhadores do IBGE (Assibge-BA) e o Comitê para a Abolição das Dívidas Ilegítimas (CADTM).


O FSM terá como espaço principal o campus Ondina da UFBA, mas o Parque do Abaeté, em Itapuã, e o Parque São Bartolomeu, no Subúrbio, também serão territórios de diálogo e convergência da atividade.


A previsão é que este ano o FSM reúna mais de 60 mil pessoas. A atividade teve início em 2001, em Porto Alegre. Nestes 17 anos, 12 edições foram realizadas no Brasil e em vários outros países, além de dezenas de fóruns descentralizados, temáticos e regionais em todos os continentes.


Programação da Tenda da Unidade


13/03


18h – Exibição do documentário “ANDES 30 anos – Universidade pública, trabalho acadêmico e crítica social”
20h – Debate: Sindicalismo e a luta das mulheres


14/03


9h30 – Mesa de discussão: “A atual crise capitalista e o sistema da dívida na América Latina e Caribe”

15h – Debate: “As contrarreformas do governo Temer, crise social e perspectivas para a classe trabalhadora

18h – Exibição do documentário “Narrativas docentes: Memória e resistência LGBT”

19h – Debate: “Trabalho e sindicalismo no serviço público”


15/03


9h – Debate “Indicadores de gênero no Brasil”
11h – Debate: “Quilombo: resistência no passado, resistência no presente”
15h às 17h – Mesa de discussão: “Sistema da dívida, sua relação com o atual modelo produtivo. Resistência e alternativas”
18h – Exibição do documentário “Narrativas docentes: Memória e resistência LGBT
19h – Debate: “Democratização e precarização no serviço público”


16/03


14h – Debate: “Educação, Ciência e Tecnologia: Por uma alternativa anticapitalista”
16h30 – Lançamento na Bahia da Frente em Defesa das Instituições de Ensino Superior Públicas
19h – Atividade cultural

 

17/03


9h – Mesa: Reorganização da Frente Escola sem Mordaça
15h – Debate: “Observatório da intervenção Militar no Rio”.


Programação do Fórum Social Mundial


13 de Março


11h: Coletiva de Imprensa do Coletivo Brasileiro do FSM 2018 e Conselho Internacional do Fórum Social Mundial.
15h: Marcha de Abertura – Resistir é Criar, Resistir é Transformar
19h: Show/Atividades Político-culturais


14 de Março


9h: Atividades de Convergências
14h30: Atividades Autogestionadas
17h: Atividades Autogestionadas
19h30: Atividades Político-culturais


15 de Março


9h: Atividades de Convergências
14h30: Atividades Autogestionadas
17h: Ato em Defesa da Democracia
19h30: Atividades Político-culturais


16 de Março


9h: Assembleia Mundial das Mulheres
12h: Reunião das Relatorias12h: Atividades Autogestionadas
14h30: Atividades Autogestionadas
15h: Assembleia Mundial dos Povos, Movimentos e Territórios em Resistências
17h: Atividades Autogestionadas
20h: Ato Político-cultural Rumo ao FAMA


17 de Março


8h30: Ágora dos Futuros (Agenda de Ações Pós-Fóruns)
9h: Atividades Autogestionadas
11h: Atividades Autogestionadas
12h: Cortejo Cultural
14h30: Atividades Autogestionadas
17h: Atividades Autogestionadas
14h às 18h: Reunião do Conselho Internacional do FSM


18 de Março


9h às 18h: Reunião do Conselho Internacional do FSM
18h: Coletiva de Imprensa do Coletivo Brasileiro do FSM 2018 e Conselho Internacional do Fórum Social Mundial. 

Comentários

Tacitus Tecnologia