PMFS Vacinação Antirrábica

Parceria entre Prefeitura e UEFS viabiliza farmácia

A implantação da Farmácia Universitária é parte do Projeto Político Pedagógico do curso de Farmácia e a Instituição se responsabilizou pela estrutura física
2018-03-13 17:12:05
Crédito: Edvan Barbosa

Conhecer a estrutura física que Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) dispõe e formalizar parceria para funcionamento da Farmácia Universitária da UEFS foi o objetivo da visita do vice-prefeito Colbert Martins Filho e representantes da Prefeitura Municipal de Feira de Santana, na última segunda-feira (12).


O reitor Evandro do Nascimento ressaltou que a implantação da Farmácia Universitária é parte do Projeto Político Pedagógico do curso de Farmácia e a Instituição se responsabilizou pela estrutura física. “Agora é necessário viabilizar o pleno funcionamento e isso depende de parcerias para que haja a dispensação de medicamentos. Como a universidade não pode adquirir medicamentos, a Prefeitura será responsável pelo repasse”. Ainda segundo o reitor, "a Farmácia Universitária vai servir tanto aos alunos do curso de Farmácia como a atividades de extensão para capacitação de profissionais farmacêuticos da rede de saúde pública do município de Feira de Santana e até dos municípios vizinhos no futuro”.

 

O vice-prefeito Colbert Martins Filho acolheu positivamente a iniciativa e disse esperar que “seja dado seguimento no processo de concretização de mais esta parceria entre o município de Feira de Santana e a UEFS, desta feita, para implementação da Farmácia Universitária”.

 

Segundo a professora Tatiane de Alencar, coordenadora do Colegiado de Farmácia da UEFS, a parceria visa “fazer serviços diferenciados de farmácia e disponibilizar serviços farmacêuticos para a comunidade universitária”. Para isso, ponderou a coordenadora, a parceria visa permitir que a Farmácia Universitária possa ter acesso aos medicamentos da atenção básica e disponibilize ao público a que se destina. “É uma dispensação qualificada considerando os vários componentes curriculares do curso de Farmácia, a exemplo de Práticas de Estágio, Programas de Extensão entre outros, que já são desenvolvidos na comunidade. A ideias é que eles sejam integrados com a Farmácia Universitária e esta funcione como um centro de saúde e não apenas como unidade de dispensação de medicamentos", disse.

 

A dispensação de medicamentos do componente básico da Assistência Farmacêutica e os serviços farmacêuticos a serem disponibilizados atenderão, inicialmente, cerca de quatro mil pessoas, oriundas das Clínicas Odontológicas, do Programa Universidade Aberta à Terceira Idade (Uati), das residências universitárias e prestadores de serviços terceirizados. Participaram da visita, também, a diretora do Departamento de Saúde da UEFS, professora Silvia da Silva Santos Passos e professores da Comissão de Implantação da Farmácia Universitária da UEFS.

Comentários

Tacitus Tecnologia