PMFS Vacina Sarampo

Preso suspeito de matar ex-comandante da GM

Júlio já tinha sido preso acusado de participar do assassinato do guarda em 2015, mas em seguida foi solto.
2018-05-03 07:01:35
Com informações do De Olho na Cidade
No momento do crime, Marcos Vinícius estava trabalhando na vigilância do Parque, um equipamento de lazer da prefeitura.     As informações são do repórter Messias Teles

Foi preso na última sexta-feira (27), Júlio Oliveira Ribeiro, 32, suspeito de participar do assassinato do ex-comandante da Guarda Municipal de Feira de Santana, Marcus Vinícius dos Santos, no dia 2 de maio de 2014.


Júlio estava foragido da Polícia desde março de 2016, quando teve um mandado de prisão preventiva expedido pela juíza Lisiane Alves Duarte. Ele foi preso no bairro São João do Cazumbá, portando um revólver calibre 38.


Júlio já tinha sido preso suspeito de participar do assassinato do inspetor da GM em 2015, mas em seguida foi solto. No momento do crime, Marcos Vinícius estava trabalhando na vigilância do Parque da Lagoa radialista Erivaldo Cerqueira, um equipamento de lazer da Prefeitura. 


Reginaldo Pereira, 34, também está preso suspeito de ter disparado os tiros contra Marcus Vinicius.


Nesta quarta-feira (2) completaram dois anos do crime. O ex-comandante da Guarda Municipal de Feira de Santana, Marcos Vinícius dos Santos, foi assassinado a tiros no interior de uma cantina do Parque da Lagoa Erivaldo Cerqueira, localizado entre os bairros Baraúnas e Queimadinha. 

Comentários

Tacitus Tecnologia