PMFS Vacina Sarampo

Comerciantes cobram agilidade em reforma no Feiraguay

A construção, que esta na segunda etapa, tinha que um prazo para ser entregue em 5 de maio, porém as obras prosseguem sem uma previsão de conclusão
2018-05-11 09:49:40
Da Redação
Crédito: Mário Sepúlveda/FE

Com a aproximação do inverno, o clima de Feira de Santana mudou passando a ter as chuvas e garoas na rotina da população. Por conta dessa mudança, os comerciantes do Feiraguay resolveram criar um abaixo-assinado pedindo agilidade das obras de reforma do telhado. A construção, que esta na segunda etapa, tinha que um prazo para ser entregue em 5 de maio, porém as obras prosseguem sem uma previsão de conclusão.


Segundo Rodrigo Sodré, presidente da Associação dos Vendedores Ambulantes de Feira de Santana (Avanfs), tudo que eles querem é que a obra seja mais rápida para não atrapalhar as vendas do mês de junho, um dos mais lucrativos do ano. “A gente sabe que esse mês choveu mais que o normal e isso atrapalha, porém se tivesse havido um interesse maior, talvez a obra estaria bem mais adiantada. Por isso, assim que tomei ciência sobre o abaixo-assinado, e da iniciativa de alguns associados, fiz questão de assinar o documento”, conta ele.


Sodré falou que as obras têm prejudicado muito o comércio local por conta dos tapumes que atrapalham o fluxo de pessoas. “Nós fomos prejudicamos porque o comércio foi impactado. A rua está fechada e isso atrapalha a circulação de pessoas, principalmente os boxes de entrada, porque diminuiu a quantidade de consumidores por haver muitos tapumes”, informou o presidente da Avamfs.


Com a iniciativa da confecção do documento, a direção da associação local marcou uma reunião com todas as partes envolvias: Prefeitura de Feira de Santana, a empresa que foi contratada para fazer o serviço, a diretoria da Avanfs juntamente com uma comissão de associados que estão liderando a manifestação; para que possa se regularizar essa situação. “O prazo acordado em assembleia para a entrega da segunda etapa foi de que no dia 5 de maio, a praça estaria livre de qualquer interdição. E claramente esse prazo foi descumprido”, desabafa.


A reforma do telhado foi divida em três etapas. A primeira etapa da construção, a parte mais próxima da Avenida Presidente Dutra, foi entregue no dia 8 de novembro de 2017, e acabou gerando algumas reclamações dos comerciantes por conta do resultado da obra. Já a segunda etapa que ainda não foi finalizada, foi iniciada em janeiro deste ano.


A REFORMA


A obra de reforma do telhado do Feiraguay, que tem como responsável a empresa Engeset, e está orçada em R$ 1,5 milhão. Deste total, R$ 1.050 milhão provém de emenda parlamentar do então senador João Durval Carneiro, através do suplente de deputado Zé Chico. Os R$ 450 mil restantes correspondem à contrapartida de 40% da Prefeitura Municipal, que intermediou o recurso através das secretarias de Gestão e Convênios, e Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec).

Comentários

Tacitus Tecnologia