PMFS LAB.

Mulheres superam desafios para seguir no futebol

Moradoras do município de Tanquinho estão lutando com toda força de vontade, garra e determinação em busca de alcançar um objetivo: chegar ao futebol profissional
2018-05-14 17:31:10
Por David Torres
Crédito: Gilberto Santos

Inspiradas na seleção feminina Brasileira, que no dia 22 de abril, conquistou o heptacampeonato na Copa América e a vaga para disputar os jogos olímpicos de Tóquio, no Japão, um grupo de mulheres entre 15 e 30 anos, moradoras do bairro Tanquinho, que fica no atrás do Parque de Exposição de Feira de Santana estão lutando com toda força de vontade, garra e determinação em busca de alcançar um objetivo: chegar ao futebol profissional.

 

É significativa a visibilidade que a modalidade esportiva ganhou no país, e mesmo com todas as diferenças em divulgação, investimentos e salários do futebol masculino, a paixão dessas mulheres pelo esporte só cresce. O Bahia Feminino Futebol Clube, nome escolhido pelas jogadoras, treinam nos finais de semana, pois a maioria das atletas trabalha. Algumas são estudantes e donas de casa e mesmo sem o apoio financeiro, desenvolvem treinamentos desde o início, sem chuteiras, técnico ou redes nas traves, no campo de futebol que é propriedade de um comerciante local.

 

As atletas conseguiram há duas semanas o apoio voluntário do atleta de judô e futebol, Gilberto Santos, que ficou empolgado com o envolvimento e o comprometimento das tanquinhenses e ofereceu-se para desenvolver os treinamentos da equipe. O desportista falou com a equipe de reportagem do jornal FOLHA DO ESTADO, sobre o potencial das mulheres do Bahia Feminino. “É um time jovem que está começando agora, tem muito futuro, mostram determinação e garra nos treinos, gostam de treinar, gostam muito de futebol, amam o futebol na verdade. Algumas treinam até descalças, não se importam. Algumas pessoas ajudaram com a bola, que estava faltando. Elas encontraram dificuldades para treinar no campo, algumas pessoas não deixavam. O time tem coletes, mas não tem uniforme, não tem material para desenvolver os treinos, mas elas tentam superar tudo isso com força de vontade e garra”, revelou.

 

Crédito: Gilberto Santos

 

No último domingo (13) as atletas participaram de um jogo amistoso com a equipe feminina de futebol do Vitória, no campo de Chico Preto, em Tanquinho. O time rubro-negro foi superior durante toda a partida e fechou o placar com um 7 x 0. A equipe do Bahia Feminino sentiu no jogo os efeitos de todas as dificuldades que passam, entretanto, esbanjaram persistência e determinação.

 

A capitã Patrícia de Jesus, contou para nossa equipe sobre detalhes da partida. “Tivemos uma grande experiência enfrentando o Vitória. Nosso time se colocou da melhor forma possível, porém a gente tem pouco tempo treinando, a gente vem se dedicando cada dia e faz parte do jogo. É uma competição e alguém tem que sair ganhando. No momento não foi a nossa vez, mas a gente não vai desistir não. Vamos continuar treinando, buscar se aperfeiçoar cada dia mais que é para a gente conseguir resultados”, ressaltou.

 

Populares e empresários que estiverem dispostos a fazer qualquer tipo de doação ou apoio, em prol do Bahia Feminino Futebol Clube podem entrar em contato através do telefone: (75) 9706-0160.

Comentários

Tacitus Tecnologia
Corrida Kids