PMFS São João

Liderada por James, Colômbia quer repetir boa campanha de 2014

Os colombianos estão no grupo H, ao lado de Japão, Polônia e Senegal
2018-06-11 10:13:55
Crédito: Reprodução

Liderados por James Rodríguez, os colombianos fizeram sua melhor campanha em Copas na última edição, quando chegaram às quartas de final. Em 2018, na Rússia, os colombianos estão no grupo H, ao lado de Japão, Polônia e Senegal.


Na Rússia, a Colômbia participará de sua sexta Copa do Mundo. A estreia em Mundiais aconteceu em 1962, no Chile. Após perder para o Uruguai e para a Iugoslávia, os colombianos conseguiram apenas um empate por 4 a 4 diante da União Soviética. Com os resultados, a eliminação veio logo na primeira fase.


A Colômbia havia sido originalmente escolhida para sediar a Copa do Mundo de 1986, mas devido a razões econômicas desistiu, quatro anos antes, de receber a competição. O México acabou sendo escolhido como a nova sede do torneio em maio de 1983.


Só 28 anos depois os colombianos voltaram a uma Copa. Em 1990, na Itália, conseguiram avançar para as oitavas. Mas acabaram parando por aí, após perderem para Camarões por 2 a 1. Em 1994, nos Estados Unidos, a Colômbia iria disputar sua segunda Copa de forma consecutiva. Acabou derrotada pelos americanos, donos da casa, e para a Romênia, ficando na lanterna do grupo.


A terceira participação consecutiva em Copas, e a quarta na história da Colômbia, aconteceu em 1998, na França. Novamente, os colombianos deixaram a competição ainda na primeira fase. 16 anos depois, estavam de volta a um Mundial.


Em 2001, a Colômbia conquistou seu único título de Copa América. Jogando em casa, o país foi campeão ao derrotar o México na final. O triunfo deu à Colômbia uma vaga na Copa das Confederações de 2003, mas a participação foi discreta.


Os sul-americanos realizaram, em solo brasileiro, sua melhor participação na história dos Mundiais. Com três vitórias em três jogos na primeira fase, se classificaram para as oitavas como líderes de seu grupo. No mata-mata, a Colômbia derrotou o tradicional Uruguai.


No entanto, nas quartas, o adversário era o Brasil, que jogava em casa. A partida, que ficou marcada pela entrada dura de Zuñiga que tirou Neymar da Copa de 2014, terminou com vitória brasileira por 2 a 1. James Rodríguez acabou como artilheiro da última edição, com seis gols em cinco jogos.


Para chegar à Rússia, os colombianos ficaram na quarta colocação das Eliminatórias da América do Sul, última vaga direta para a Copa. A campanha teve sete vitórias, seis empates e cinco derrotas em 18 jogos.


A Colômbia integra o grupo H, ao lado de Polônia, Senegal e Japão. Talvez esse seja o grupo que mais esteja indefinido, com todas as seleções com chances de classificação. Novamente ele, James Rodríguez, deve ser o destaque colombiano nesta edição do Mundial. O meio-campista do Bayer de Munique, de 26 anos, é o destaque técnico da equipe comandada pelo argentino José Pékerman.

Comentários

Tacitus Tecnologia