Desenbahia

Serviços do Bolsa Família são realizados em quatro CRAS

O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira
2018-09-12 10:54:13
Secom/PMFS
Crédito: Reprodução

Os serviços de cadastro e atualização de dados para o programa Bolsa Família já estão sendo realizados em quatro Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) em Feira de Santana. A iniciativa da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso) visa proporcionar mais agilidade e conforto aos beneficiários do programa, evitando o deslocamento dos interessados à Central, no centro da cidade.

 

A descentralização foi iniciada pelo CRAS Rua Nova e, agora, a partir desta semana, passou a funcionar também nos CRAS dos bairros Santo Antônio dos Prazeres, Mangabeira e Jardim Acácia/Fraternidade. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira.

 

O secretário de Desenvolvimento Social, Ildes Ferreira, ressaltou a pretensão de ampliar a descentralização dos serviços do Bolsa Família levando o atendimento ao todos os 15 CRAS existentes na cidade, até final deste ano. “É uma iniciativa fundamental e que tem dado bons resultados pois as pessoas não necessitarão mais ir à Central do Bolsa Família. Com isso, evita-se o deslocamento desnecessário dos bairros”, afirmou.

 

Ildes Ferreira anunciou ainda que já no próximo mês o atendimento do Bolsa Família passará a ser realizado me outros três CRAS da rede de Feira de Santana. “Nossa meta é instalar em mais três, mas ainda não definimos quais serão contemplados em outubro”, destacou.

 

Beneficiários do programa social Bolsa Família comemoram a descentralização no atendimento. Em quatro bairros, a comunidade não precisa mais se deslocar até a Central para realizar cadastro ou atualização de dados: basta se dirigir à unidade do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) da própria localidade, onde os serviços já são totalmente desenvolvidos.

 

O atendimento descentralizado já está sendo realizado nos CRAS dos bairros Rua Nova, Santo Antônio dos Prazeres, Mangabeira e Jardim Acácia/Fraternidade. E, até o próximo mês, chega em mais três, seguindo um ciclo até completar todos os 15 Centros de Referência em Assistência Social de cobertura da cidade.


Para quem necessita dos benefícios do programa social, a iniciativa foi bem recebida. “Está sendo ótimo porque as vezes temos que resolver alguma pendência do Bolsa Família e não temos com quem deixar os filhos. Agora perto de casa a gente sai para resolver e volta rapidinho”, afirmou Margarida Souza da Silva, ao se dirigir ao CRAS Santo Antônio dos Prazeres.


A mesma satisfação é de Lucineide Chaves de Lima, que foi ao CRAS Santo Antônio dos Prazeres atualizar o cadastro. “Está facilitando bastante o acesso, sem falar que aqui o atendimento é para quem mora na comunidade, o que reduz o tempo de atendimento”, destacou.


A coordenadora do CRAS Santo Antônio dos Prazeres, Ivanete Rios, ressaltou que o atendimento ao público está sendo realizado diariamente, das 8h às 13h. Para tanto foi disponibilizada uma sala especialmente para o serviço, com distribuição de 30 senhas diárias, além de agendamento para dia seguinte.

Comentários

Tacitus Tecnologia
PMFS Tv digital