Desenbahia

Profissionais participam de treinamento sobre AVC

Para obter a certificação Angels, o HGCA precisará cumprir algumas etapas e a primeira já foi concluída
2018-09-14 16:28:10
Crédito: Reprodução

O Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) objetivando se tornar referência também no tratamento do Acidente Vascular Cerebral (AVC) aderiu ao protocolo de AVC e está se preparando agora para obter o certificado do Programa Angels do Laboratório Boehringer, empresa que lidera o segmento de tratamento para o AVC no Brasil. Este ano o HGCA implantou na nova emergência uma sala de reperfusão, para realização do atendimento imediato para pacientes com sintomas de AVC e Infarto.


Para obter a certificação Angels, o HGCA precisará cumprir algumas etapas e a primeira já foi concluída. Entre os dias 11 e 13 de setembro, os auxiliares de unidade, assistentes e líderes de atendimento, enfim servidores da área da saúde nos setores assistenciais e administrativos, participaram do treinamento ministrado pela enfermeira da Boehringer, Pâmela Godoy. No total, 561 colaboradores foram treinados ao longo dos três dias. Antes de iniciar a aula, Pâmela aplicou um teste de conhecimento sobre o assunto e, após o treinamento, foi percebida uma melhora do desempenho, mostrando, mais uma vez, que o HGCA está empenhado no combate ao AVC.

 

Sobre o AVC


O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é um déficit neurológico repentino, ocorre quando o fornecimento de sangue para uma parte do cérebro é interrompido1. Anualmente, o AVC causa 6,5 milhões de morte no mundo, além de ser a principal causa de incapacidade pelo seu poder de ocasionar sequelas graves. No Brasil, 100.520 óbitos aconteceram em sua decorrência em 2015. Quanto mais demorar o atendimento, maiores são as chances de o paciente sofrer com sequelas, até mesmo incapacitantes.

Comentários

Tacitus Tecnologia
PMFS Tv digital