Desenbahia

Suspeito de estupro vai para prisão domiciliar

Juiz disse que se mantê-lo na prisão correrá risco de agressão por terceiros
2018-11-06 15:35:46
Crédito: Reprodução

O juiz Armando Duarte Mesquita Júnior, titular da 1ª Vara Crime, determinou na última sexta-feira (2), que José Ednaldo de Souza, preso no Conjunto Penal de Feira de Santana no dia 19 de outubro deste ano, suspeito de estuprar e engravidar a própria filha de 12 anos passasse a cumprir pena domiciliar.

 

O juiz Armando Duarte, o mesmo que mandou prendê-lo, diz que mantê-lo na prisão, sob risco de agressão de terceiros, "ocasionará danos irreversíveis para o requerente, implicando até em riscos à sua própria sobrevivência...".

 

Ainda segundo a decisão judicial, a prisão domiciliar "deverá ser cumprida em residência diversa da vítima, ficando a Defensoria Pública responsável por colacionar aos autos o endereço onde José Ednaldo irá habitar".

 

O delegado Gustavo Coutinho divulgou na terça-feira 30 de outubro, o resultado do laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT), confirmando que a menina de 12 anos que foi estuprada pelo próprio pai está grávida. O resultado positivo foi anexado ao inquérito remetido ao Ministério Público, que tomará as providências cabíveis em relação à gravidez dela e a possibilidade de autorização judicial para interromper a gestação.

Comentários

Tacitus Tecnologia
PMFS Tv digital