Desenbahia

F. Lima chamada de ‘esquerdista’ e ‘imbecil’

Sertanejo se descontrolou e fez duras críticas à apresentadora, após discurso emocionado no ‘Amor & Sexo’: “Será que ela só faz programa pra maconheiro?’
2018-11-08 15:35:03
bahia.ba
Crédito: Arquivo Pessoal/Instagram

Apoiador do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), o sertanejo Eduardo Costa se descontrolou no Instagram e disparou duras críticas à Fernanda Lima, após fala emocionada da apresentadora no final do “Amor & Sexo”, exibido na última terça-feira (6).

 

“Mais de 60 milhões de brasileiros e brasileiras votaram no Bolsonaro e agora essa imbecil com esse discurso de esquerdista!”, bravejou em comentário no perfil do Instagram “Gina Indelicada”, que repostou o vídeo do discurso de Fernanda Lima.

 

A atriz e apresentadora se emocionou ao falar sobre a liberdade sexual feminina, em solidariedade àquelas “chamadas de loucas” por serem cheias de “tesão”, “vida” e “erotismo”. A frase que pode ter motivado o surto de Eduardo Costa, bem como a insatisfação de diversos usuários, foi a que ela conclama uma “sabotagem” às “engrenagens desse sistema de opressão”.

 

“Chamam de louca a mulher que desafia as regras e não se conforma. Chamam de louca a mulher cheia de erotismo, de vida e de tesão. Chamam de louca a mulher que resiste e não desiste. Chamam de louca a mulher que diz sim e diz não. Não importa o que façamos, nos chamam de louca. Se levamos a fama, vamos sim deitar na cama. Vamos sabotar as engrenagem desse sistema de opressão”, disse a apresentadora.

 

O artista continuou o seu desabafo e subiu o tom de ameaça ao dizer que, agora, a esposa de Rodrigo Hilbert está “do lado mais fraco”.


“Ela pode ter certeza de uma coisa, a mamata vai acabar, a corda sempre arrebenta por lado mais fraco e o lado mais fraco hoje é o que ela está”, escreveu.

 

Eduardo Costa ainda questiona: “Será que essa senhora só faz programa pra maconheiro, pra bandido, pra esquerdista derrotado e pra esses projetos de artista assim como ela?. O cantor ainda assegura que “Bolsonaro não está sozinho”.

 

Comentários

Tacitus Tecnologia
PMFS Tv digital