PMFS Vozes

Alunos ficam sem aulas após escola ser alagada

Aulas da Escola Municipal Lídice Antunes Barros, em Feira de Santana, foram suspensas na terça-feira (4)
2018-12-06 07:33:14
G1 | BA
Crédito: Reprodução

Os alunos da Escola Municipal Professora Lídice Antunes Barros, localizada na cidade de Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador,estão com as aulas suspensas desde a manhã de terça-feira (4), após o espaço ficar alagado por conta das fortes chuvas que vêm caindo na região.


De acordo com a diretora da escola, Flávia Carneiro, a água invadiu o espaço por causa de infiltrações no teto e no chão. Os livros que ficam nas prateleiras da biblioteca ficaram molhados.


"Pode ser qualquer chuva, mas quando a chuva é pior, é mais forte, alaga mais ainda, e aí fica impossível para os alunos entrarem, porque a água brota do chão. Aqui era uma lagoa, segundo moradores daqui [bairro], e como a gente não tem funcionário suficiente, eu não dou conta de manter a escola limpa, sem água, para os alunos estudarem", disse Flávia Carneiro.


A Escola Professora Lídice Antunes Barros conta com dois funcionários de apoio para limpar todo o ambiente. Por conta das chuvas, a diretora precisou deixar os trabalhos para ajudar a tirar a água do espaço.


"Eu faço merenda, eu lavo banheiro, ajudando porque nós só temos duas pessoas de apoio, então eu ajudo essas pessoas. Como você pode ver, a escola é bem grande, e elas não dão conta sozinhas, então eu preciso largar meus afazeres de diretora e assumir esse papel", explicou a diretora.


Gilcimara Costa, mãe de uma aluna da escola, ficou preocupada com a suspensão das aulas da filha.


"Revoltante. A gente traz o filho da gente para um colégio, achando que vai ter um futuro melhor, e acaba prejudicando ou acontecendo isso. Você traz o filho e desaba água, e você não sabe o que vai acontecer. Suspenderam as aulas e eles ficam sem", reclamou Gilcimara.

Comentários

Tacitus Tecnologia
PMFS Natal Encantado