PMFS Procultura

Comparação de bairros de Feira de Santana com países viraliza

A brincadeira começou a circular essa semana nos grupos de Whatsapp
2019-02-08 15:29:52
Foto: Arquivo Folha do estado
Foto: Arquivo Folha do estado

As redes sociais tem sido uma ferramenta muito importante na propagação de notícias, videos, pegadinhas e outros. Constantemente algumas postagens feitas pelos internautas viralizam e tomam grandes proporções na rede.

 

Dessa vez a brincadeira alcançou os internautas de Feira de Santana que aderiram à brincadeira das “E SE OS BAIRROS DE FEIRA DE SANTANA FOSSEM PAÍSES?” onde o compartilhamento no WhatsApp compara bairros com países diversos.

 

Confira a postagem na integra que afirmam ser uma adaptação de Flávia Rejane, de "Adaptação: Diário de Salvador, de “E se os bairros do Rio fossem países” Autor desconhecido – Facebook)"

 

 

E SE OS BAIRROS DE FEIRA DE SANTANA FOSSEM PAÍSES?

 

● São João => Bélgica


É cercado por vizinhos ricos e poderosos, mas ninguém dá muita importância.

 

● Kalilândia => França


Berço da aristocracia feirense, vangloria-se de sua tradição e não esconde jamais o seu ar de superioridade.

 

● Ponto Central => Grécia


Kalilândia em escala menor, com a vista melhorada.

 

● Feiraguay => Itália


Caótica, doce, movimentada e barulhenta mas todo mundo continua querendo conhecer.

 

● Feira X => Turquia


É apenas um caminho, de um lado para o outro, do mundo. Ninguém consegue entender nada por causa de tanta indefinição.

 

● Capuchinhos => Alemanha

 

Além de ser o grande centro empresarial da região, um de seus pontos fortes são seus bares, em que se bebem rios de cerveja.

 

●Parque Getúlio Vargas, Santa Mônica e Brasília => Polônia, República Tcheca e Luxemburgo


Gravitam e tentam se beneficiar da fama e benefícios do país vizinho, a Alemanha.

 

● Feira VI => Espanha e Holanda


Não cabe um só país pro internacional Six Market. Tradicional e moderno. Favorito da galera miçangueira que curte umas ervas, eterno clima de festa nas ruas, beijo gay, tá tudo liberado!

 

● Alphaville => Estados Unidos


Dinheiro e poder. Idolatrado pelos novos ricos. Cafona, sem identidade, longe de tudo, carro é fundamental. Seu “Alphaville way of life” faz seus moradores crerem que vivem no melhor lugar do mundo, mas vivem dividindo "Orla" do Rio Jacuípe com o Viveiros mesmo.

 

● Bangalay => Canadá


É rico, porém ninguém se importa. Vive na órbita do primo gigante e mais famoso.

 

● SIM => Irlanda


Pensa que tem orla e quer se comparar à Capuchinhos, assim como a Irlanda que acha que faz parte do Reino Unido e quer se comparar à Inglaterra.

 

● Caseb => Rússia


Não possui mais a mesma nobreza de outrora, mas ainda se acha uma potência. Transição entre zona pobre e zona rica.

 

● Jardim Cruzeiro => Brasil


Querido por todos e estratificada, mistura gente mais humilde, classe média e alta. Quer ser tudo e ao mesmo tempo não é nada. Ostenta a alegria de ser no coração da cidade.

 

● Sobradinho => Argentina


Gostaria de ser Jardim Cruzeiro. Mas não é.

 

● Marechal Deodoro => Índia


Caótica, superlotada, vaca na rua, mas dona de um valor cultural inestimável.

 

● Sales Barbosa => México


Importante centro regional, com tradição secular e um caos onde todos querem tirar alguma vantagem.

 

● Parque Ipê => Portugal


Muitas glórias no passado e ainda conserva qualidade de vida (pouca) e um jeito simpático e acolhedor.

 

● Olhos D'Água => Iraque


Já foi terra de príncipes e princesas, hoje parece Bagdá.

 

● Feira VII => África do Sul


Orgulhosa de ser a “nobre” no meio de sua sofrida região.

 

● Tomba=> China


Distante, gigante e super populosa, sonha em ser rica como os EUA (Alphaville), mas ainda tem um pé no terceiro mundo.

 

●Muchila => Chile


A cara da riqueza, mas é difícil achar alguém que queira morar lá.

 

● Queimadinha => As duas Coreias


Uma parte é boa e a outra você corre risco só de chegar perto.

 

● São José => Noruega


Todo mundo fala bem, mas fica tão longe que ninguém nunca vai ou sabe onde fica.

Comentários

Tacitus Tecnologia