Bahia Aqui é Trabalho 2019
Messi foi expulso

Argentina domina Chile e garante terceiro lugar da Copa América

Os gols foram de Agüero e Dybala; Vidal descontou de pênalti
2019-07-06 18:23:20
globoesporte.com
Crédito: Marcos Ribolli
Crédito: Marcos Ribolli

É claro que não se trata de uma revanche, por não ser uma final, mas a Argentina mostrou desde o início que levaria bem mais a sério do que o Chile a disputa de terceiro lugar da Copa América. Depois de perder as duas últimas finais para a Roja (2015 e 2016), a Argentina dominou o rival na tarde deste sábado (6), na Arena Corinthians, venceu por 2 a 1 sem grandes dificuldades e saiu com o prêmio de consolação da Copa América. Messi jogou bem de novo, ainda que não tenha marcado e tenha sido expulso – os gols foram de Agüero e Dybala; Vidal descontou de pênalti. Previsão de bom futuro para os argentinos, mas de preocupação para os chilenos.


A Argentina jogou para ganhar, enquanto o Chile já estava com a cabeça longe da Copa América. Pressionando desde o início, a equipe de Lionel Scaloni criou chances e abriu o placar logo aos 11 minutos, quando Messi cobrou falta rapidamente e encontrou Agüero sozinho para driblar Arias e marcar. Pouco depois, aos 21, Dybala aumentou após passe de Lo Celso. Com o jogo praticamente decidido e a saída de Alexis Sánchez, lesionado, o Chile passou a levar a partida para o lado da provocação – e conseguiu assim a expulsão bizarra de Messi, que tomou cartão junto com Medel. O jogo praticamente acabou com a saída do camisa 10, indignado, porém aplaudido pelo público presente na Arena Corinthians.

 

A Argentina passou a administrar o jogo e investir em contra-ataques, finalizando só na boa. Mesmo assim, teve mais volume do que o rival, principalmente após a entrada de Di María – o experiente meia-atacante criou lances e quase deu o terceiro gol para Agüero. O Chile, perdido, só brilhou com o gol de pênalti de Vidal, numa jogada revisada pelo VAR em cima de Aránguiz. Não houve, porém, tempo nem vontade de uma reação mais intensa.


Depois dos dois vices, a Argentina termina a Copa América em terceiro. Depois dos dois títulos, o Chile termina o torneio em quarto lugar. Agora as duas seleções pensam nas Eliminatórias para a Copa de 2022, que começam em 2020. Antes, Argentina e Chile fazem amistoso no dia 5 de setembro, em Los Angeles.

Comentários

Tacitus Tecnologia
PMFS vacina sarampo