UNINASSAU | VESTIBULAR 2019.2
Cooperação

Reunião elaborará termo para gestão do CIS

A reunião que acontece no próximo sábado (13), é para tratar o termo de cooperação que deverá ser formatado sobre a participação das entidades na gestão e parceria que será feita com o CIS
2019-07-10 09:51:06
Da Redação
Crédito: Gleidson Santos/FE
Crédito: Gleidson Santos/FE
Feira Beer run

Buscando ter participação na gestão do Centro Industrial Subaé (CIS), entidades de Feira de Santana se reunirão para elaboração de um termo de cooperação, que será apresentado ao vice-governador e secretário, João Leão. A reunião acontece no próximo sábado (13), com representantes dos setores produtivos de Feira de Santana - da Indústria e do Comércio.


Segundo Cloves Cedraz, presidente das Federação das Associações Comerciais do Estado da Bahia (FACEB), a reunião que acontece no próximo sábado (13), é para tratar o termo de cooperação que deverá ser formatado sobre a participação das entidades na gestão e parceria que será feita com o CIS. “Será apresentado o termo de cooperação para que as entidades assumam a gestão do CIS. A proposta surgiu através de que pudesse ser feito esse termo entre as entidades empresariais e o Governo do Estado para que as entidades assumissem o papel de gestora do CIS”, explica o gestor.


Anteriormente foi feito uma reunião para analisar o que estava sendo feito com o CIS. “Até então não interessava as entidades em Feira, mas o que queremos agora é exatamente estruturar. Então nós queríamos saber qual o pensamento do Estado com relação ao CIS e até então seria o fechamento do órgão, o que não interessava a Feira de Santana, porque só deixaríamos de ter o órgão captador de empreendimentos na cidade”, afirma Cedraz.


O presidente da FACEB conta que com essa integração de gestão, as vantagens para o Centro Industrial de Feira, serão inúmeras. “Hoje, quando uma indústria procura o Estado, a gente não tem o que fazer. No passado nós não tivemos uma série de empresas em Feira de Santana por falta de interesse e poder por parte do órgão daqui. Se você tem um órgão com autonomia para fazer o que tem que ser feito, as empresas virão para Feira”, fala Cedraz sobre a iniciativa que poderá fomentar a vinda de industrias a Feira de Santana.


Participarão da reunião a Associação Comercial de Feira de Santana; o Centro das Industrias de Feira de Santana, a Câmara de Dirigentes Legistas, membros de CIS e o deputado Zé Neto.

Comentários

Tacitus Tecnologia
PMFS JULHO AMARELO