Feira de Santana

Feirantes decidem ir para Centro de Abastecimento

Os feirantes que comercializam hortifrutigranjeiros na rua Marechal Deodoro serão relocados, em sua maioria, para o Centro de Abastecimento
2019-08-12 23:00:55
Secom/PMFS
Crédito: Reprodução
Crédito: Reprodução

Os feirantes que comercializam hortifrutigranjeiros na rua Marechal Deodoro serão relocados, em sua maioria, para o Centro de Abastecimento, durante o processo de reordenamento do Centro da cidade.

 

A decisão foi tomada pela própria categoria, através de votação, durante reunião com o secretário do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec), Antônio Carlos Borges Júnior, no Centro Paroquial, na Praça da República.

 

Outros feirantes da Marechal Deodoro optaram por atuar no projeto Feira Itinerante – que será lançado em breve - ou nas feiras livres já instaladas na cidade, onde o governo fez melhorias com a construção de galpão ou cobertura da área como aconteceu nos bairros Sobradinho, Estação Nova, Tomba, George Américo, Conceição II, dentre outros.

 

Durante a reunião também ficou agendado, em comum acordo, que no próximo dia 20 de agosto será realizada uma força tarefa de organização e limpeza na rua Marechal Deodoro, com a participação de diversas secretarias do governo, e apoio dos feirantes. "Nesse dia vamos promover a adequação das barracas e bancas e remoção de resíduos e equipamentos que estiverem danificados, melhorando assim a acessibilidade dos cidadãos", frisou o secretário.

 

Feirante que atua há 45 anos na Marechal, comemora iniciativa

 

Uma das mais antigas feirantes a atuar no ramo de hortifrutigranjeiros na rua Marechal Deodoro, no centro da cidade, Sônia Maria Dias de Oliveira, 61 anos, dos quais 45 deles atuando no local, vê com otimismo a relocação para áreas revitalizadas e adequadas para seu comércio.


Enquanto a maioria dos colegas fez opção em ser transferida para o Centro de Abastecimento, ela optou em ser instalada na feira livre da Estação Nova. "A idéia do Governo é Boa. E para mim é melhor ainda porque é perto de minha casa", afirmou.


Maria Dias entende que a saída da rua Marechal Deodoro é necessária e faz parte da readequação do Centro da cidade. "O Governo nos deu opções. E isto é bom", concluiu. 

Comentários

Tacitus Tecnologia