Seis meses

Diretoria comandada por Zé Chico segue à frente do Fluminense

Zé Chico e os vice-presidentes Paulo Ribeiro e Junior Mesquita seguem no comandando até maio de 2020 quando completam dois anos da última eleição presidencial
2019-11-27 14:19:14
Da Redação
Crédito: Cristiano Alves FE
Crédito: Cristiano Alves FE

A atual diretoria comandada pelo presidente José Francisco Pinto, o Zé Chico, deve permanecer à frente do Fluminense até o final do Campeonato Baiano 2020. Estariam previamente marcadas para o próximo dia 3 de dezembro uma assembleia para se eleger membros para a nova diretoria executiva e Conselho Deliberativo, mas com menos de uma semana para a data previamente estabelecida, nenhum edital de convocação foi publicado e o entendimento do Departamento Jurídico do clube é que a direção executiva cumpra um mandato de dois anos, desta forma não haveria nenhuma prorrogação como se foi alardeado anteriormente.

 

Com a aprovação do novo estatuto, no ano passado, o entendimento era de que a direção executiva atual- que além de Zé Chico conta com os vice-presidentes Junior Mesquita e Paulo Ribeiro – cumprisse um mandato de 1 ano e 6 meses e justamente agora acontecesse uma nova eleição juntamente com a eleição do Novo Conselho Deliberativo do clube. No entanto de acordo com o advogado Emanoel Almeida, diretor jurídico do Fluminense, o novo documento só deverá ter validade em maio, quando completam dois anos do atual mandato executivo. “Se as eleições acontecessem agora não se cumpririam os dois anos de mandato para qual os dirigentes foram eleitos. Na verdade, ainda se tem mais seis meses para serem cumpridos”, disse em entrevista a uma rádio local.

 

Diante dessa situação fica a expetativa para que nos próximos dias se tenha algum tipo de definição o que será feito na direção do Conselho Deliberativo, já que Zé Chico renunciou a presidência para se candidatar ao cargo de presidente executivo, e Jayro Miranda que era vice-presidente assumiu a presidência do Conselho e há 15 dias renunciou ao cargo. Permanecem no órgão João Gualberto e Antônio Pinheiro, 1º e 2º secretários respectivamente.

Comentários

Tacitus Tecnologia
PMFS Natal 3