Prevenção

Mais de 2,9 mil pessoas vivem com HIV em Feira de Santana

De janeiro a outubro de 2019, exames detectaram que 254 pessoas foram contaminadas pelo HIV, que provoca a Aids
2019-12-01 10:26:24
Da Redação
Crédito: Reprodução
Crédito: Reprodução

Em Feira de Santana, mais de 2.9 mil pessoas com HIV estão em tratamento, no Programa Infecção Sexual Transmissível / DST / Aids. O equipamento funciona no Centro de Saúde Drº Leone Leda. De janeiro a outubro de 2019, exames detectaram que 254 pessoas foram contaminadas pelo HIV, que provoca a Aids.


Durante o mês de dezembro as ações de combates a doença serão intensifi cadas em alusão ao Dezembro Vermelho e ao 1 de dezembro, Dia de Combate a AIDS. “Durante todo o ano o Centro de Referência de IST/HIV/ AIDS vem realizando trabalhos de conscientização. Fazemos trabalhos com populações mais vulneráveis, e também em empresas, escolas, associações de bairros, igrejas; onde nós somos convidados e onde possamos ir fazendo o trabalho extramuros o ano inteiro. Em dezembro a gente intensifica as testagens e conscientização e relação a prevenção por ser o mês de combate a AIDS. O dia 1 de dezembro é o dia alusivo, porém durante todo mês estaremos realizando atividades pontuais para ampliação de diagnósticos e melhor adesão a prevenção”, explica a a coordenadora IST/HIV/AIDS, Vanessa Sampaio.


Segundo Vanessa Sampaio, durante todo o ano temos o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), que é a porta de entrada do nosso serviço, onde as pessoas vão sem necessidade de guia médica para conhecer o seu estado sorológico. Lá é realizado exames de HIV, Sífi lis e há indicações para as Hepatites. “Em 2019, até o mês de outubro foram identificados 254 casos novos em Feira de Santana. São pessoas com a faixa etária entre 20 e 39 anos, idade reprodutiva, com a escolaridade de ensino médio completo e heterossexuais”, conta a coordenadora sobre o perfil dos pacientes.


Ela diz que hoje há 2.936 pessoas em acompanhamento que é feito por uma equipe multidisciplinar. “A partir do momento que é dado positivo, o paciente é encaminhado para o Serviço de Assistência Especializada, onde tem médico infectologista, enfermeiro, odontologista, fi sioterapia, serviço social, além disso temos uma unidade dispensadora de medicação, laboratório para o acompanhamento”, conclui Vanessa.


Ação de testagem


A Secretaria Municipal de Saúde, através do Centro de Saúde Drº Leone Leda, promoverá além da campanha todo o mês de dezembros, onde haverá uma programação que ainda não foi divulgada, uma ação de testagem. “Inicialmente vamos estar do dia 3 a 5 de dezembro realizando testes rápidos para todas as pessoas que procurarem o nosso serviço. Ele entrega o resultado em 20 minutos e caso seja positivo, a gente já encaminha para tratamento”, diz a coordenadora do Centro.

Comentários

Tacitus Tecnologia
PMFS Natal 3