Afirma senadora

‘Se economia não reagir, governo não se sustenta’

Presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado criticou manifestações do governo com ataques à democracia
2019-12-02 06:53:35
bahia.ba
Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, a emedebista Simone Tebet afirmou, em entrevista à Folha e UOL, que manifestações do presidente Jair Bolsonaro, parentes e até da própria equipe de governo com ataques à democracia podem pôr em risco a continuidade da atual gestão.

 

De acordo com a senadora, é difícil entender o que pensam o chefe do Palácio do Planalto e seus familiares mais próximos.

 

“Se é intencional ou não [este tipo de manifestação do governo], eu não saberia dizer. É difícil entender a dinâmica e como funciona esse governo. Só posso dizer que isso contamina e atrapalha o próprio governo. Enquanto a gente avança com a pauta econômica, muitas vezes vem uma fala infeliz ou atravessada do governo e paralisa os trabalhos do Congresso Nacional”, declarou.

 

“Se a economia não reagir até o ano que vem, se nós continuarmos com esse PIB pífio e não voltarmos a gerar emprego e renda, se continuamos tendo esses números vergonhosos de desemprego, se voltarmos a ver pessoas voltando para as ruas porque não têm um teto para morar, esse governo não consegue se sustentar. Qualquer tentativa de uma reeleição, por exemplo, fica prejudicada”, completou.

Comentários

Tacitus Tecnologia
PMFS Natal 3