PMFS novo
Gratuito

NEOJIBA terá cursos de instrumentos musicais online

O lançamento do projeto será na próxima quinta-feira (8), às 17 horas
2021-04-06 16:21:24
Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação
Bahia Estado Solidario

O NEOJIBA, programa da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) do Governo da Bahia, irá democratizar o ensino de música no Brasil com uma iniciativa inovadora no país. O NEOJIBA Sem Fronteiras irá oferecer cursos online gratuitos para diversos instrumentos, sem limite de vagas. O lançamento do projeto será na próxima quinta-feira (8), às 17 horas, com uma live transmitida na página do Facebook do programa.


Qualquer pessoa poderá se inscrever para os cursos, sem seleção prévia. Inicialmente, serão lançados os dois primeiros módulos, de um total de cinco, que levarão o estudante do nível inicial até o repertório solista. O NEOJIBA Sem Fronteiras terá cursos de linguagem musical, canto coral, contrabaixo, violoncelo, violino, viola, clarineta, fagote, flauta, oboé, tuba, trombone, trompa, trompete, violão e percussão. As videoaulas são gravadas pelos coordenadores pedagógicos e instrutores do NEOJIBA especialmente para a plataforma.


Seguindo o lema norteador do NEOJIBA, o "Aprende Quem Ensina", os próprios estudantes irão avaliar os colegas, a partir de apresentações em vídeo enviadas para a plataforma. A progressão da aprendizagem também será medida por avaliações com perguntas objetivas. Ao final do curso, os estudantes receberão um certificado.


O NEOJIBA Sem Fronteiras é um MOOC (sigla em inglês para massive open online course ou curso online aberto e massivo, em tradução livre para o português). Uma das inspirações para a iniciativa foi o programa de cursos oferecido pela Universidade de Berklee, nos Estados Unidos. A proposta pedagógica e a metodologia foram desenvolvidas pela equipe do NEOJIBA, como conta André Felipe, coordenador do projeto. "É algo bem inovador em termos de ensino online. No Brasil, não conheço nada parecido. Nós vamos democratizar o acesso ao ensino musical, mostrando o caminho das pedras com toda clareza, para todo mundo. É uma plataforma boa para quem quer aprender um instrumento e também para professores que queiram estruturar o seu ensino".


José Henrique de Campos, Diretor Educacional do NEOJIBA, também ressalta o caráter democrático da iniciativa. "O NEOJIBA inova mais uma vez ao lançar o NEOJIBA Sem Fronteiras, democratizando o acesso aos cursos que oferecemos, através de uma plataforma de ensino remoto. A grande vantagem dessa plataforma é que ela é aberta a todos os estudantes de música, do Brasil e do exterior. Assim, qualquer interessado pode estudar com a gente. Basta se cadastrar e cumprir com as tarefas e lições. Esperamos que o NEOJIBA Sem Fronteiras traga uma nova motivação a todos, abrindo novas possibilidades de interação online".


Para o secretário da SJDHDS, Carlos Martins, o projeto é uma iniciativa com um imenso potencial. "O NEOJIBA Sem Fronteiras vai promover o acesso ao ensino musical de maneira fácil e qualificada. A expertise do NEOJIBA, um programa social que transformou e transforma a vida de milhares de jovens baianos, agora, também, vai transformar a vida de milhares de crianças e jovens brasileiros", pontuou.


O NEOJIBA Sem Fronteiras carrega os 13 anos de experiência do NEOJIBA com o ensino e a prática musical coletivos e o aprendizado acumulado durante o primeiro ano do NEOJIBA ONLINE, criado logo após a suspensão temporária das atividades presenciais,em razão da pandemia. Neste período, os 1970 integrantes do programa participaram de mais de 21 mil horas de aulas virtuais e de 81 masterclasses com artistas consagrados do Brasil e do exterior.


Sobre o NEOJIBA


Criado em 2007, o NEOJIBA (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia) promove o desenvolvimento e integração social prioritariamente de crianças, adolescentes e jovens em situações de vulnerabilidade, por meio do ensino e da prática musical coletivos. O programa é mantido pelo Governo do Estado da Bahia, vinculado à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, e gerido pelo Instituto de Desenvolvimento Social Pela Música. Em 13 anos, o NEOJIBA atendeu, direta e indiretamente, mais de 10 mil crianças, adolescentes e jovens entre 6 e 29 anos.

Comentários

Tacitus Tecnologia
EMBASA 50 ANOS II