PMFS novo
Dança

‘Palavras MalDitas’ estreia na internet nesta segunda, 12

Espetáculo surge da ideia de fazer uma produção que atendesse o público adulto, com um tema mais serio e que fugisse do formato de apresentação de academia
2021-04-12 15:34:58
Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação
Bahia Estado Solidario

Tendo como tema a agressão verbal, moral e psicológica vívida por mulheres, o espetáculo ‘Palavras MalDitas’, da Companhia de Dança Avany Vaz, se apresentará online nesta segunda-feira (12), através do canal do Youtube da companhia.


O espetáculo surge da ideia de fazer uma produção que atendesse o público adulto, com um tema mais serio e que fugisse do formato de apresentação de academia. “Esse tema estava na minha cabeça desde 2018, devido a quantidade de noticias que temos vistos sobre violência contra a mulher. Antes da pandemia, eu tive a ideia de fazer o projeto “De Mulher pra Mulher” que é um projeto 100% presencial, mas com a pandemia ficou inviável. Daí teve a Lei Aldir Blanc, e foi a oportunidade de estar concretizando o projeto só que de uma forma diferente: um espetáculo virtual. Como o “De Mulher pra Mulher” não poderia ser realizado, ele foi transformado em células, e assim surgiu o ‘Palavras MalDitas’”, conta Avany.


A inspiração veio através da própria vivencia da autora, relatos de amigas próximas e do que acontece na sociedade como um todo e chega ao nosso conhecimento. “Palavras MalDitas é um espetáculo ativista que aborda a agressão verbal, moral e psicológica vívida por mulheres brasileiras, dando enfoque para as mulheres negras que, estatisticamente são as principais vítimas do machismo e do racismo estrutural e institucional. A obra visa sensibilizar e provocar a expectadora (or) a buscar uma nova postura de mudança diante da realidade gritante que é a violência contra a mulher”, afirma a diretora.


A Companhia de Dança Avany Vaz, além da parte de dança, também é responsável pela parte musical. “No dia do espetáculo ‘Palavras MalDitas’ eu estarei lançando minha primeira composição de música instrumental. Fiz especialmente para o espetáculo, é composta para violino e percussão (atabaque). Você nem pode imaginar a minha felicidade em vê um sonho se concretizar”, conclui.


A apresentação acontece no dia 12 de abril, através do canal do Youtube da Cia de Dança Avany Vaz no link.


Ficha técnica:


Núcleo de Música: Maestro e Arranjador Lucas Barbosa


Violinista: Caroline Abreu


Percussionista: Ivan Marron


Diretor teatral: Gilmário Tanajura


Núcleo de Dança/Teatro:

 

Avany Vaz


Ila Nunes


Mari Falcão


Raí Conceição 

Comentários

Tacitus Tecnologia
EMBASA 50 ANOS II