PMFS IPTU
Petista elegível

Bolsonaro admite candidatura de Lula em 2022

A decisão do STF reabilitou os direitos políticos de Lula num momento em que o presidente Jair Bolsonaro enfrenta queda de popularidade
2021-04-16 17:49:21
Com informações do jornal O Estado de S. Paulo
Reprodução
Reprodução
Gov Bahia

O presidente Jair Bolsonaro usou a tradicional transmissão ao vivo nas redes sociais, na noite de quinta-feira (15), para comparar o seu governo com o do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

 

"Pela decisão do Supremo (Tribunal Federal), o Lula é candidato. Façam uma comparação dos ministros do Lula com os nossos ministros", pediu Bolsonaro. "Se o Lula voltar, pelo voto direto, pelo voto auditável, tudo bem. Agora, veja qual vai ser o futuro do Brasil, o tipo de gente que ele vai trazer para dentro da Presidência."

 

Em constante atrito com o Supremo, Bolsonaro também disse que, se Lula for eleito, "em março de 2023 vai escolher mais dois ministros" para a Corte.

 

Antes da decisão do plenário do STF, Lula disse que o PT pode abrir mão de ser cabeça de chapa na eleição de 2022, desde que haja uma candidatura "com mais fôlego".

 

Em uma declaração sob medida para o novo figurino "paz e amor", Lula afirmou que ninguém pode vetar aliança política. "Quem tem de ter cabeça de chapa é quem tem maior possibilidade de ganhar as eleições", observou o ex-presidente em entrevista à rádio O Povo CBN.

 

Embora não tenha se apresentado como candidato, Lula já prepara seu programa de governo e disse estar disposto a "brigar e tentar consertar o Brasil". Em nota, a defesa de Lula disse que a decisão do STF "restabelece a segurança jurídica e a credibilidade do sistema de Justiça do nosso país."

Comentários

Tacitus Tecnologia
Gov Bahia