PMFS IPTU
Valores mensais

Kit alimentação custa 6 vezes mais que merenda escolar

A informação é da secretária Municipal de Educação, Anaci Paim, que relata a dificuldade da administração de Feira de Santana em manter a distribuição dos kits para as famílias dos estudantes
2021-04-16 20:43:58
Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação
Bahia Estado Solidario

Os R$ 400 mil mensais destinados pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) não são suficientes para arcar com 2,5 milhões de reais necessários, por mês, para a aquisição dos “kits alimentação”.


A informação é da secretária Municipal de Educação, Anaci Paim, que relata a dificuldade da administração de Feira de Santana em manter a distribuição dos kits para as famílias dos estudantes da Rede Municipal de Ensino.

 

Na audiência pública promovida pela Comissão de Educação da Câmara Municipal, nesta sexta-feira (16), a secretária afirmou necessitar de cobertura financeira para quitar todas as despesas. “Não é simplesmente transferir recursos da merenda para comprar o kit porque é insuficiente”.


Desde março do ano passado, quando as aulas foram suspensas devido à pandemia da Covid-19, as famílias dos alunos da rede municipal de ensino reivindicam pela distribuição da merenda escolar. A ação foi executada pela Prefeitura por meses, mas, atualmente, familiares relatam o não recebimento dos alimentos. Anaci Paim reconhece que este auxílio é “imprescindível” e destaca que o aporte de recursos para arcar com as despesas deve vir, também, de novas fontes.

Comentários

Tacitus Tecnologia
Bahia Estado Solidario