PMFS IPTU
Baianão 2021

Índio Ferreira aguarda por reforços para definir Fluminense de Feira

‘O time precisa ser consistente na decisão contra o Vitória’, diz técnico
2021-05-03 14:43:54
Da Redação
Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação
Bahia Estado Solidario

O Fluminense de Feira ainda não está definido para a partida contra o Vitória, que acontece na quarta-feira (5) às 19h30, no Barradão pela última rodada da fase classificatória do Campeonato Baiano 2021. O treinador Índio Ferreira ainda aguarda três atletas – dentre eles o artilheiro do time Emerson Catarina – serem liberados do Departamento Médico para então confirmar o time para o compromisso contra o Vitória, onde o Touro do Sertão ainda se agarra a um fio de esperança para escapar do rebaixamento para a 2ª divisão em 2022.

 

Catarina é artilheiro da equipe com três gols no Campeonato Baiano e algumas semanas vem enfrentando uma contusão muscular. Na partida contra o Doce Mel, ele estava no banco de reservas, entrou e pouco depois teve que sair porque voltou a sentir o problema. Desde então ele vem se tratando e a expectativa de que possa estar em campo na partida decisiva. As situações do zagueiro Andresson e do atacante Cristian são as mesmas: todos estão na fase de transição, porém existe a possibilidade de estarem em campo.

 

O treinador Índio Ferreira disse ter na cabeça uma ideia de time, mas aguardará para saber se poderá contar com todos. “É esse o nosso objetivo, mesmo porque se trata de um jogo decisivo e queremos ter um time consistente com condições e capacidade de buscar o resultado contra o Vitória”, afirmou Índio Ferreira.

 

O Fluminense encerra os preparativos amanhã para o jogo de quarta-feira. Para se manter na elite estadual precisa vencer o Vitória e torcer para Vitória da Conquista perder sua partida. Se vencer por dois gols de vantagem, pode evitar o rebaixamento até com um empate do Bode, já que empataria em número de vitórias e saldo, mas poderia levar a melhor no número de gols marcados.

Comentários

Tacitus Tecnologia
Bahia Estado Solidario